Titãs - Cabeça Dinossauro (1986)


Artista: Titãs
Disco: Cabeça Dinossauro
Ano: 1986
Esta edição: 1997 (Edição original)
Gravadora: WEA / Warner Music Brasil (Edição original e re-edição)
Estilo: Rock, Punk Rock
Tempo total: 38:26
Formato: MP3 320k (+ scans)

Faixas:
01. Cabeça Dinossauro - 2:19
02. AA UU - 3:02
03. Igreja - 2:47
04. Polícia - 2:07
05. Estado Violência - 3:10
06. A Face Do Destruidor - 0:37
07. Porrada - 2:52
08. Tô Cansado - 2:19
09. Bichos Escrotos - 3:13
10. Família - 3:32
11. Homem Primata - 3:28
12. Dívidas - 3:08
13. O Quê - 5:46

Um pouco da história:
Titãs é uma banda de rock brasileira formada em São Paulo, em 1982. Ativa há 32 anos, tornou-se uma das quatro maiores bandas do BRock, ao lado de Legião Urbana, Os Paralamas do Sucesso e Barão Vermelho. Algumas de suas músicas de maior sucesso são "Sonífera Ilha", "Flores", "Polícia", "Família", "Comida", "O Pulso", "Go Back", "Domingo", "Enquanto Houver Sol", "Homem Primata", "Bichos Escrotos", "Cabeça Dinossauro", "Pra Dizer Adeus", "Marvin", "É preciso saber viver", "Epitáfio", "Diversão", "Porque Eu Sei Que é Amor" e "Televisão".

Em novembro de 1985, Tony Bellotto e Arnaldo Antunes foram presos (o primeiro por porte e o segundo por porte e tráfico de heroína). Bellotto foi libertado sob fiança. Arnaldo Antunes, por sua vez, permaneceu atrás das grades por mais tempo, sendo libertado após um mês.


Após esses acontecimentos, os Titãs entraram novamente em estúdio, cuja principal mudança veio na parte da produção do disco, que ficou a cargo de Liminha. Liminha foi o primeiro produtor que sugeriu mudanças em algumas faixas, coisa que até aquele momento a banda não aceitava. Em junho de 1986 é lançado o terceiro álbum da banda, Cabeça Dinossauro. Ele abriu várias portas para os Titãs, como o aumento do número de shows e do cachê.

O álbum foi gravado e mixado em um mês. A capa foi baseada em um esboço do pintor italiano Leonardo Da Vinci, intitulado A expressão de um homem urrando. Um outro desenho de Da Vinci, Cabeça grotesca, foi para a contracapa do disco. Ambos os acetatos vieram diretamente do Museu do Louvre, trazidos por um amigo do pai de Sérgio. Eles vieram substituir pequenas reproduções das quais a banda dispunha mas que tinham qualidade insuficiente para o projeto. Conforme relatou o músico em 2006, "as primeiras 30 mil cópias do disco foram feitas em um papel fosco e poroso muito mais caro que o normal. Generosidade do André Midani, então presidente da Warner, que nos deu total apoio antes, durante e depois da gravação atendendo a quase tudo o que pedíamos."

Fonte: Wikipedia

Site oficial: www.titas.net

Outros discos da banda já foram publicados aqui no blog (ache eles AQUI).

Prévia:

PEGUE A BR! 
Senha: br320