Mais recente

Tequila Baby - Tequila Baby (1996)

The Fevers - The Fevers E Amigos (2004)


Artista: The Fevers
Disco: The Fevers E Amigos
Ano: 1966
Esta edição: 2004 (Compilalçao lançada no box 'The Fevers Collection'. Todas as faixas foram gravadas originalmente em 1966 em singles ou com outros artistas e aparecem juntas pelas primeira vez nesse box)
Gravadora: Odeon (Gravações originais) / EMI (Esta edição)
Estilo: Pop Rock, Rock & Roll
Tempo total: 33:35
Formato: MP3 320k (+ scans)

Faixas:
01. Creme Batido (Whipped Cream) - 3:07
02. O Bom - 2:45
03. Deixa De Banca (Les Cornichons) - 2:47
04. Alguém Na Multidão - 2:39
05. Michelle - 2:54
06. Mamãe Passou Açúcar Em Mim - 1:30
07. Você Me Acende (You Turn Me On) - 2:58
08. Vai Ser Bom (Ça Serait Beau) - 2:41
09. Preciso De Você - 2:24
10. Triste Sem Amor - 2:34
11. Let Kiss - 1:32
12. São Francisco [San Francisco (Be Sure To Wear Some Flowers In Your Hair)] - 3:00
13. Arrependimento - 2:37

Um pouco da história:
The Fevers é uma banda brasileira de rock e pop formada no Rio de Janeiro em 1964 e associada a Jovem Guarda. Fez muito sucesso na segunda metade da década de 1960 e início da década de 1970, vindo se consagrar nos anos 1980 com as aberturas das novelas (Elas por Elas e Guerra dos Sexos, da Rede Globo). O grupo continua em plena atividade até os dias de hoje.

Criada em 1964, a banda originalmente se chamava The Fenders e seus membros originais eram Almir Bezerra (vocais e guitarra), Liebert (contrabaixo), Lécio do Nascimento (bateria), Pedrinho (guitarra), Cleudir (teclados) e Jimmy Cruise (vocais). Em 1965, Jimmy saiu do grupo e os membros remanescentes decidiram mudar o nome para The Fevers, foi quando entraram mais dois componentes, Miguel Plopschi em 1965 e Luiz Claudio em 1969.


Gravaram seus primeiros discos em 1965 e 1966 pela Philips, os compactos Vamos dançar o letkiss (versão de Letkiss), Wooly Bully (de Domingo Samudio, em versão) e Não vivo na solidão. Em 1966 apareceram no filme Na Onda do Iê-Iê-Iê.

Passando para a Odeon ainda em 1966, revelaram-se um dos mais importantes grupos vocais-instrumentais da Jovem Guarda. Fizeram (muitas vezes sem créditos nos discos) o acompanhamento instrumental de gravações de Eduardo Araújo (O bom), Deny e Dino (Coruja), Erasmo Carlos (os LPs O Tremendão e Você me acende), Roberto Carlos (gravações como Eu te darei o céu e Eu estou apaixonado por você), Golden Boys, Wilson Simonal (faixas como Mamãe passou açúcar em mim), Trio Esperança (LP A festa do Bolinha), Jorge Ben (o LP O bidu/Silêncio no Brooklin) e o primeiro LP de Paulo Sérgio.

Fonte: Wikipedia

Prévia:

PEGUE A BR! 
Senha: br320

Comentários