Mais recente

Gaúcho Da Fronteira - Meu Rastro (1980)

João Bosco - Caça À Raposa (1975)


Artista: João Bosco
Disco: Caça À Raposa
Ano: 1975
Esta edição: 1989 (Re-Edição em CD)
Gravadora: RCA Victor (Edição Original e Re-Edição)
Estilo: MPB
Tempo total: 35:26
Formato: MP3 320k (+ scans)

Faixas:
01. O Mestre-Sala Dos Mares - 3:08
02. De Frente Pro Crime - 2:10
03. Dois Prá Lá, Dois Prá Cá - 2:49
04. Jardins Da Infância - 2:34
05. Jandira Da Gandaia - 3:44
06. Escadas Da Penha - 2:48
07. Casa De Marimbondo - 2:44
08. Nessa Data - 3:40
09. Bodas De Prata - 3:04
10. Caça À Raposa - 2:57
11. Kid Cavaquinho - 3:01
12. Violeta De Belford Roxo - 2:41

Um pouco da história:
João Bosco de Freitas Mucci, mais conhecido como João Bosco, (Ponte Nova, 13 de julho de 1946) é um cantor, violonista e compositor brasileiro.

Filho de pai libanês, João Bosco começou a tocar violão aos doze anos, incentivado por uma família repleta de músicos. Suas primeiras influências foram Ângela Maria, Cauby Peixoto, Elvis Presley e Little Richard, integrou a banda X-Gare (inspirada na canção "She's got it" de Richard).

Alguns anos depois, iniciou na Escola de Minas em Ouro Preto cursando Engenharia Civil. Apesar de não deixar de lado os estudos, dedicava-se sobremaneira à carreira musical, influenciado principalmente por gêneros como jazz e bossa nova e pelo tropicalismo. Foi em Ouro Preto, em 1967, na casa do pintor Carlos Scliar, que conheceu Vinícius de Moraes, com o qual compôs as seguintes canções: rosa-dos-ventos, Samba do Pouso e O mergulhador - dentre outras.

Em 1970 conheceu aquele que viria a ser o mais frequente parceiro, com quem compôs mais de uma centena de canções: Aldir Blanc, O mestre sala dos mares, O bêbado e a equilibrista, Bala com bala, Kid cavaquinho, Caça à raposa, Falso brilhante, O rancho da goiabada, De frente pro crime, Fantasia, Bodas de prata, Latin Lover, O ronco da cuíca, Corsário, dentre muitas outras.

A primeira gravação saiu no disco de bolso do jornal O Pasquim: Agnus Sei (1972). No ano seguinte, selou contrato com a gravadora RCA, lançando o primeiro disco, que levava apenas seu nome.

Em 1972 conheceu Elis Regina, que gravou uma parceria sua com Blanc: Bala com Bala; a carreira deslanchou quando da interpretação da cantora para o bolero Dois pra lá, dois pra cá.


Caça à Raposa é o segundo álbum do músico João Bosco, lançado em 1975. Todas as letras do álbum foram escritas por Aldir Blanc. Nesse álbum estão registradas diversas das composições que fizeram o músico conhecido: O Mestre Sala dos Mares; De Frente pro Crime; Dois Pra Lá, Dois Pra Cá; Escadas da Penha; Bodas de Prata; Caça à Raposa e Kid Cavaquinho. O álbum teve boa parte de suas faixas regravadas por Elis Regina.

As letras de Aldir Blanc são crônicas que traçam um cenário da cultura brasileira em fatos que intercalam uma tentativa de fixar a realidade do subúrbio brasileiro:


  • O Mestre Sala dos Mares faz uma homenagem ao marinheiro João Cândido, conhecido como Almirante Negro (na canção, referido como "navegante negro"), lider da Revolta da Chibata, em 1910. Mesmo com a mudança de alguns dos versos em função da censura, a letra denuncia o esquecimento e a falta de reconhecimento da figura pública de revolução de marinheiro;
  • De Frente Pro Crime retrata um acontecimento cada vez mais comum nas grandes cidades: a violência urbana e a exploração subsequente dessa violência;
  • O bolero Dois Pra Lá, Dois Pra Cá mostra um quadro de nostalgia amorosa, o eu-lírico narra as sensações evocadas pelas lembranças de uma antiga companheira de dança-de-salão;
  • Em Jardins da Infância a enumeração de brincadeiras infantis é ressignificada por meio de sua contextualização no ambiente de repressão e tortura vivido no Brasil durante a Ditadura Militar;
  • Um crime passional embebido em elementos religiosos, oráculos e crenças populares encontra lugar em Escadas da Penha;
  • Nessa Data traz uma relação de elementos relacionados a elementos políticos, culturais e sociais do brasil, expondo os contrastes presentes em e entre esses elementos;
  • Bodas de Prata evoca a frustração de uma mulher, em meio à traição do marido e simpatias ineficazes;
  • A caça desportiva serve de analogia simbolista à paixão em Caça à Raposa;
  • Kid Cavaquinho e Casa de Marimbondo tratam do samba como ferramenta de resistência e provocação socio-cultural;
  • Violeta de Belford Roxo narra uma história envolta em mistério e crenças populares sem poupar, nos versos finais, os militares.

Fonte: Wikipedia

Site oficial: www.joaobosco.com.br

Prévia:

PEGUE A BR! 
Senha: br320

Comentários