Angra - Holy Land (1996)


Artista: Angra
Disco: Holy Land
Ano: 1996
Esta edição: 1996 (edição original)
Gravadora: Rising Sun (Edição original Europeia)
Estilo: Metal Progressivo, Heavy Metal, Metal Melódico
Tempo total: 56:48
Formato: MP3 320k (+ capas)

Faixas:
01. Crossing - 1:55
02. Nothing To Say - 6:21
03. Silence And Distance - 5:34
04. Carolina IV - 10:35
05. Holy Land - 6:25
06. The Shaman - 5:23
07. Make Believe - 5:53
08. Z.I.T.O. - 6:04
09. Deep Blue - 5:47
10. Lullaby For Lucifer - 2:46

Um pouco da história:
Angra é uma banda brasileira de power metal progressivo, formada na cidade de São Paulo em 1991, pelo vocalista e tecladista Andre Matos e os guitarristas Rafael Bittencourt e André Linhares, após se conhecerem na Faculdade Santa Marcelina, onde cursavam composição e regência. Andre Matos anteriormente havia feito parte do Viper (entre 1985 e 1990), mas deixou a banda por motivos pessoais, e Rafael Bittencourt fazia parte da banda Spitfire. Logo após, entraram na banda os músicos Luis Mariutti (baixo) e Marco Antunes (bateria), e André Linhares cedeu lugar a Kiko Loureiro. O Angra já vendeu aproximadamente mais de 5 milhões de cópias pelo mundo.

A banda Angra foi formada por Rafael Bittencourt e Andre Matos com a proposta de fundir a agressividade do Heavy Metal, os ritmos étnicos brasileiros e a sofisticação da música erudita. Na época, Andre Matos foi quem trouxe os contatos com o empresário Antônio Pirani, então proprietário da revista Rock Brigade e do selo Rock Brigade Records, por volta de 1991 no auge do estilo power metal. Rafael, que estava retornando dos Estados Unidos, resolveu montar uma super banda com músicos conhecidos na faculdade Santa Marcelina como o vocalista Andre Matos. Os músicos André Linhares (guitarra), Luis Mariutti (baixo), e Marco Antunes (bateria) completaram a banda, mas após algum tempo André Linhares deixou a banda e André Hernandes o substituiu. Pouco depois Kiko Loureiro assumiu o lugar de André Hernandes. A ideia era aproveitar a onda do power metal (ou metal melódico como o gênero ficou conhecido no Brasil) que estava bastante popular na Europa, Japão e no Brasil graças a nomes como Helloween e Gamma Ray

Andre Matos, vocalista original da banda.
O quinteto ensaiou praticamente por um ano para lançar sua primeira demo tape, intitulada Reaching Horizons em 1992. Ainda desconhecidos do grande público, o Angra assinou com a JVC e viajou para a Alemanha para gravar seu primeiro álbum de estúdio. Antes das gravações iniciarem, Marco Antunes deixa o grupo, ficando a cargo de Alex Holzwarth tocar a bateria no disco.

O primeiro show da banda foi dia 17 de Abril de 1993 no Black Jack em São Paulo. O tecladista foi Fábio Ribeiro, que fez alguns shows e depois saiu para trabalhar na Korg. Entrou então Leck Filho.


O Angra iniciou as gravações de seu novo álbum em 1995. Holy Land, lançado em Março de 1996, sucedido por shows em diversos países europeus, como Itália, França e Grécia.

De acordo com uma entrevista que o André deu à revista alemã Heavy, Oder Was, eles levaram 8 meses para gravar o novo álbum porque ele teve um problema sério nas cordas vocais após a turnê pela Europa. Ele teve que parar as gravações no verão de 1995 (na Europa) e retornar ao Brasil para tratamento médico. Então, ele voltou à Alemanha e gravou a sua parte novamente. Entre outros boatos sobre este álbum, um deles foi o de que o André foi mixar "Holy Land" no exterior sem o resto da banda e que eles não ficaram muito satisfeitos com o resultado final por ter muito teclado e pouca guitarra. Quem responde é o próprio André: "Não é verdade, pois o resto da banda estava lá no fim da mixagem e eles puderam opinar sobre algumas coisas. Além do que, o resultado final os deixou de boca aberta! Eu também acho que poderia ter pintado mais guitarra. É lógico, sem contar as partes de solo. Também acho que o som de guitarra poderia ter ficado melhor, mais pesado".

"Holy Land" foi concebido num sítio, na cidade de Tapiraí, interior de São Paulo, onde o grupo se isolou durante quatro meses para compor e arranjar as dez músicas do CD. Os ensaios foram feitos durante os intervalos de uma turnê da banda na Alemanha, em junho de 1995. As gravações e mixagens tiveram início no final de junho e foram concluídas em três meses, também na Alemanha. Kiko define "Holy Land" como um álbum conceitual, em que todas as músicas tem um elo de ligação entre si: "Nós usamos como tema a época das grandes navegações, tanto que a capa do disco é um mapa antigo, dos tempos do descobrimento. Nós falamos da mistura de raças no Brasil, colocamos elementos típicos do país nas letras. Também fazemos um paralelo entre aquela época, quando um novo mundo estava sendo desbravado, com os tempos atuais, de grandes mudanças, de aldeia global".

Assim como o primeiro disco, Holy Land recebeu Disco de Ouro no Japão pelas mais de 100 mil cópias vendidas no país. No início do ano seguinte, a banda faria sua primeira turnê em território japonês. Em 1996 o Angra abriu um show para o AC/DC no Brasil. A banda teve o videoclipe da canção "Make Believe" indicado para o MTV Video Music Awards de 1997, acabando como um dos mais votados. O tecladista da turnê foi ainda Leck Filho.

Fonte: Site Oficial

Site: www.angra.net

Outros discos da banda já foram publicados aqui no blog (ache eles AQUI).

Prévia:

PEGUE A BR! 
Senha: br320